Questões vão além de mobília e cômodo da casa a ser escolhido.

A pandemia de COVID-19 reformulou a vida das pessoas, principalmente no que diz respeito aos locais de trabalho. O home office é uma tendência que veio para ficar com cada vez mais pessoas preferindo trabalhar no conforto de seus lares e evitar assim se deslocar até os escritórios tradicionais.

Muitos casais ou conhecidos que dividem o mesmo teto e necessitam dividir o espaço de trabalho podem pensar que montar um home office significa comprar o móvel para escritório perfeito. Contudo, alguns pontos devem ser considerados antes do investimento.

Ergonomia

A ergonomia é um estudo que estuda as adaptações do homem ao trabalho, com o objetivo de promover o bem estar físico e psicológico dos funcionários, mantendo uma boa produtividade.

A qualidade do ambiente de trabalho, portanto, é um fator primordial de modo a preservar a saúde do empregado. Apesar de o home office ser aderido por muitas pessoas com o propósito de evitar a disseminação do coronavírus, trabalhar no conforto do lar não é garantia de resguardar de problemas.

 O local

A primeira coisa que você deve ter em mente ao montar um home office é quanto tempo irá trabalhar em casa. Se for algo ocasional, opte por algo sutil e integrado à decoração do lar. Contudo, caso o trabalho seja realizado exclusivamente no ambiente doméstico, convém escolher um espaço maior, mais reservado e se possível exclusivo para essa finalidade.

Outro ponto que deve ser considerado é a presença de iluminação natural no local, para facilitar na execução das atividades e na concentração.

Itens básicos do home office

Mesa de trabalho

A mesa de trabalho é um dos itens mais importantes do seu home office. No caso de duas pessoas, você pode optar por escrivaninha em L ou modelos com bancadas longas o suficiente para comportar duas cadeiras.

Entretanto, as chamadas escrivaninhas duplas são as mais indicadas, visto que foram projetadas para dispor de espaços e nichos suficientes para que dois usuários utilizem confortavelmente o móvel.

Lembre-se de medir o tamanho do espaço onde será colocado o móvel para adquirir algo que irá caber.

Cadeira

Escolher a cadeira perfeita para seu home office vai muito além de optar pelo modelo mais barato que encontrar, pois existem alguns requisitos que precisam ser preenchidos. Confira a lista a seguir.

Encosto

O encosto da cadeira deve ser alto e no formato das costas. Modelos que amparam a cabeça são ideias para quem trabalha muito tempo sentado em frente ao computador.

Apoio para braços

O apoio para braços não é apenas um item para o descanso dos braços. Ele serve para ajudar na manutenção da postura correta ao sentar, uma vez que força o corpo a deixar os cotovelos com um ângulo de 90° em relação à mesa.

Como consequência desses mecanismos, o usuário da cadeira pode trabalhar por muitas horas seguidas sem forçar a coluna, evitando assim futuras lesões que poderiam impactar na sua produtividade no trabalho.

Regulagem de altura

O sistema de regulagem da altura da cadeira permite que quem estiver utilizando-a fique com uma altura adequada em relação à escrivaninha e também da tela do computador.

É importante que o usuário consiga tocar o chão, portanto sempre opte por um modelo em que a regulagem atenda suas necessidades e conforto, se encaixando sempre a sua altura.

Assento e revestimento

O assento e o revestimento são outros requisitos indispensáveis para uma boa cadeira de escritório. Na hora de adquirir um móvel destes, o comprador deve optar por um modelo em que o assento seja mais largo que o quadril e que mantenha seus joelhos sempre em 90° graus em relação ao chão.

Já quanto ao revestimento, a sugestão é escolher por aqueles que sejam confortáveis e práticos para limpar. Outro ponto que deve ser lembrado é o tecido empregado no produto. Couros e poliuretanos são os mais indicados, por serem duráveis e por permitirem a transpiração.

Rodinhas e espumas

São outros itens recomendados para aqueles que passam muito tempo sentados durante o regime de home office. As rodinhas são importantes, pois permitem a mobilidade durante a execução do trabalho. Já a espuma, além de garantir o conforto, é a responsável por deixar o usuário firme ao sentar.

Eletrônicos

As ferramentas de trabalho para montar seu home office variam muito conforme a profissão. Os itens básicos seriam um computador com acesso à internet e um fone de ouvido. Contudo, também é interessante investir em luminárias, impressoras e em um webcam, se você não possuir um notebook.

Na hora de adquirir aparelhos eletrônicos verifique se ele atende às suas necessidades, principalmente no caso de computadores e notebooks. Opte também por fabricantes conhecidos no mercado pela sua qualidade e durabilidade.

O que não ter em home office

Tão importante quanto o que ter no home office é o que se deve evitar: decorar o ambiente é um fator positivo, pois influencia no bem-estar. Exageros, no entanto, são desaconselhados uma vez que podem gerar o efeito contrário.

Além disso, é preciso também se desfazer das coisas que já desanimavam o funcionário no emprego tradicional, como móveis, cores ou até objetos, por exemplo.

Como montar um home office para duas pessoas_