Data é uma das mais importantes no varejo chinês e vem ganhando espaço no mundo ocidental

A Black Friday é uma das datas comerciais mais conhecidas pelos consumidores, sendo que muitos esperam o momento para comprar seus itens da lista de desejo. Essa “sexta-feira de descontos” começou nos Estados Unidos, mas já chegou a muitos países do Ocidente, inclusive ao Brasil.

Mas você sabia que existe outro festival de compras tão importante quanto e que acontece lá no Oriente? É a Black Friday chinesa, mais conhecida como 11/11, referenciando-se ao dia específico em que as promoções acontecem.

Saiba mais sobre a data!

O que é a Black Friday chinesa?

Assim como a Black Friday já conhecida aqui, no Brasil, na China os consumidores também têm uma data de preços especiais para comprar e economizar muito.

Diferente daqui, o festival de compras chinês não acontece no final do mês de novembro, mas, sim, na primeira quinzena, mais especificamente no dia 11 de novembro. Por isso, a data é chamada de 11/11 por lá.

A escolha por esse dia é curiosa, e a data nem sempre esteve ligada às compras. Isso porque 11/11 é o Dia dos Solteiros na China, pois o número 1 representaria uma pessoa que está sozinha.

Depois de um tempo, tornou-se comum para as lojas oferecerem descontos ou condições especiais durante a data, o que transformou um simples dia em um verdadeiro festival de compras, que hoje é considerado a Black Friday chinesa por conta de seu grande volume de vendas. E seu sucesso não para na China, mas também chega a outros países do Oriente e Ocidente.

Como funciona o dia 11/11

Assim como a Black Friday já conhecida aqui, no Brasil, o 11/11 é o período em que lojas físicas e e-commerces oferecem inúmeros descontos e promoções em seus produtos. No Oriente, a data bate recordes e já ultrapassou o faturamento da Black Friday em alguns países.

Entre os principais itens comprados estão eletrônicos, eletrodomésticos, roupas e utilitários, como itens para casa e decoração, assemelhando-se com os principais produtos adquiridos por aqui durante datas promocionais.

Vale dizer que, durante a Black Friday chinesa, os descontos podem chegar a mais de 80% do valor dos itens. Além disso, a China é conhecida pela fabricação da maior parte desses produtos, o que faz com que os preços sejam ainda menores e os recordes de vendas não parem de crescer.

Como aproveitar os descontos da Black Friday chinesa

Pouca gente sabe, mas é possível aproveitar o 11/11 daqui, do Brasil e economizar na compra de diversos itens. Para isso, é preciso ficar de olho em sites que vendem produtos diretamente de fabricantes na China e pesquisar bem os valores.

E não precisa se preocupar: inúmeros sites grandes e de boa reputação fazem promoções especiais durante a Black Friday chinesa, principalmente para incentivar as compras internacionais pelos seus e-commerces. As vendas são feitas em reais, para não ter susto no final do mês.

Confira algumas dicas para aproveitar o 11/11 daqui, do Brasil:

  • pesquise bem antes de comprar um item, a diferença de valores pode ser grande entre as lojas;
  • além de conferir o valor do produto, veja também as condições de frete oferecidas;
  • compre em lojas e sites renomados quando o assunto é compra internacional;
  • leia as resenhas e os comentários de outras pessoas que já compraram o item antes;
  • procure cupons de desconto para os e-commerces escolhidos para conseguir condições ainda melhores.

Já conhecia a data 11/11, conhecida como a Black Friday chinesa? Vale a pena ficar de olho nesse dia, mesmo estando no Brasil, para conseguir aproveitar as melhores promoções. Hoje, com os envios internacionais acontecendo cada vez mais rápido, ficou fácil aproveitar descontos e promoções de qualquer lugar do mundo.

O que é a Black Friday chinesa_